Logótipo Mafra Logótipo Ericeira

Tech Visa alargado a todos os setores empresariais

O Programa Tech Visa, que se destinava apenas a empresas tecnológicas e inovadoras, passa a estar disponível para todas as empresas com atividade de produção de bens e serviços internacionalizáveis. 

Alarga-se, assim, o acesso a esta medida que pretende atrair recursos humanos altamente qualificados para o país e simplificar a sua contratação pelas empresas portuguesas como fator gerador de crescimento económico diferenciador e de competitividade.
As empresas legalmente constituídas em Portugal, que não apresentem dívidas à Segurança Social e à administração fiscal, que não tenham salários em atraso e que não se encontrem em reestruturação, dispõem assim de um mecanismo para atrair e reter talentos profissionais, devendo os seus projetos demonstrar potencial de mercado e orientação para os mercados externos o que será determinante para avaliação positiva da candidatura.
O IAPMEI é responsável pela certificação das empresas candidatas, estando envolvidas várias outras entidades, como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares, no processo de atribuição de vistos e de autorizações de residência para os profissionais contratados pelas empresas certificadas.
Desde janeiro, ao abrigo do programa Tech Visa, O IAPMEI certificou já 46 empresas, encontrando-se cerca de uma dezena de pedidos em análise, aos quais esta alteração já será aplicável.